Construindo uma Nova Sociedade

“Não admitam que ninguém acredite em nada que não compreenda. Assim se produzem fanáticos, se desenvolvem inteligências místicas, dogmáticas, fanáticas.
“E quando alguém não compreende algo, não parem de discutir com ele até que compreenda, e se não compreende hoje, compreenderá amanhã, compreenderá depois de amanhã, porque as verdades da realidade histórica são tão claras, e são tão evidentes, e são tão palpáveis, que, mais cedo ou mais tarde, toda inteligência honrada as compreenderá. Quero dizer que não se trata de doutriná-la.
“Que ninguém vá a nenhuma escola revolucionaria pra ser doutrinado. Que ninguém se deixe doutrinar, que ninguém aceite absolutamente nada que não compreenda. Que vá educar-se, aprender a pensar, aprender a analisar, e receber elementos de juízo para que compreenda”.

Fidel Castro, 1º  de dezembro de 1961


As revoluções sociais não nascem a partir da mente dos indivíduos, das personalidades, por mais brilhantes e esforçadas que elas sejam. As revoluções sociais nascem das massas populares, as revoluções nascem como conseqüência direta da realidade em que se encontra todo o povo. Sem o engajamento ativo das grandes massas populares não há revolução. É por isso que é tarefa urgente e importante que os trabalhadores estejam munidos com uma teoria que seja capaz de responder aos novos desafios e responsabilidades que possam vir ser exigido do povo. Isso é possível somente através de uma educação libertadora e revolucionaria.

O conhecimento cientifico da realidade é o que permite atuar sobre ela e transformá-la, da mesma forma que o médico que, para poder sanar a doença de seus pacientes necessita ter o conhecimento prévio do que é a referida doença: como surge, como se manifesta, em quais condições aparece e como tratá-la. O mesmo acontece com a realidade social: para podermos transformá-la temos que fazer uma analise da realidade para que possamos atuar sobre ela. O instrumento teórico que usamos neste caso é o método que possibilite o conhecimento cientifico da realidade, o Materialismo Histórico.

O Circulo de Formação “Construindo uma Nova Sociedade” se propõe justamente em abordar de forma pedagógica, e, ao mesmo tempo minuciosa e revolucionária, os instrumentos teóricos mais importantes que nos permitam analisar e compreender primeiro a realidade em que vivemos, e, sobretudo, chegar à conclusão que é somente com o povo organizado que se pode desencadear um genuíno processo de transformação social que possua as características próprias do povo brasileiro.    


O circulo de formação é baseado em sete módulos que contém textos que iniciam o debate a partir dos fundamentos que norteiam a analise materialista da realidade, até a proposta de construção da organização revolucionaria: o partido de novo tipo. Os módulos são os seguintes:

Módulo 1 
Temas abordados: (Resumo e textos complementares)

Módulo 2
Palavras-chaves: (Resumo e textos complementares)

Módulo 3
Palavras-chaves: (Leia mais)

Módulo 4
Palavras-chaves: (Leia mais)

Módulo 5
Palavras-chaves: (Leia mais)

Módulo 6
Palavras-chaves: (Leia mais)

Módulo 7
Palavras-chaves: (Leia mais)


0 comentários:

Postar um comentário